Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A menina de caracóis

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo." Fernando Pessoa

A menina de caracóis

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo." Fernando Pessoa

Reflexão do dia

Ontem, enquanto dava uma vista de olhos pela imprensa deparei-me com uma notícia no Observador que me deixou imediatamente com a lágrima no olho. Algo que não é muito difícil de acontecer porque no que toca a questões ou acontecimentos mais sensíveis fico logo assim. A notícia fala de um jovem estudante de 18 anos, diagnosticado com um dos linfomas mais agressivos, que no seu discurso na cerimónia de final de ano na secundária de Christchurch Boys' High School, na Nova Zelândia, comoveu colegas e professores. Deixo aqui, um pouco do seu discurso porque também me comoveu a mim e porque considero que as suas palavras fazem todo o sentido. Um discurso com muita vida, intenso, verdadeiro e que nos faz parar para pensar, nem que seja por breves instantes, sobre a nossa existência.

 

"Esqueçam os sonhos a longo prazo. Vamos dedicar-nos apaixonadamente aos pequenos objetivos. Ser micro ambiciosos. Trabalhar com orgulho naquilo que temos à nossa frente. Não sabemos onde as coisas podem acabar, ou quando é que elas podem acabar."

 

"Nenhum de nós vai sair vivo desta vida, por isso vamos ser cavalheiros, bons, graciosos, agradecidos pelas oportunidades que temos".

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.