Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A menina de caracóis

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo." Fernando Pessoa

A menina de caracóis

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo." Fernando Pessoa

O meu cabelo encaracolado

Hoje vou falar de caracóis e não me refiro àqueles bichinhos com a casa às costas que demoram eternidades a chegar onde quer que seja. Refiro-me sim, aos caracóis do cabelo, aqueles que nos põem os nervos em franja logo pela manhã. Quem tem cabelo encaracolado, como eu, de certeza que já ouviu repetidas vezes, tanto de cabeleireiros como de amigos (as), "tu é que tens sorte, o teu cabelo não dá trabalho nenhum, é só lavar e deixar secar naturalmente". Quando ouvi isto pela primeira vez confesso que não dei muita importância mas com o passar dos anos comecei a irritar-me com as pessoas que o diziam frequentemente. Um dia, propositadamente, lavei o cabelo e deixei secar naturalmente, sem colocar qualquer tipo de produto para definir caracóis ou usar secador para os moldar, só para ver como reagiriam quando me vissem naquela figura e o resultado não me surpreendeu nadinha. A primeira pergunta que me fizeram quando me viram assim foi: "o que fizeste hoje ao cabelo? Está diferente! Está esquisito!", e eu respondi: "simplesmente fiz o que vocês tanto me disseram, não deu trabalho nenhum mas está uma verdadeira cagada". Mesmo assim não acreditaram, devem ter pensado que tive uma noite péssima e que não me vi ao espelho antes de sair de casa. Um certo dia, uma amiga minha, chateadíssima com o seu belo cabelo loiro e liso decidiu entrar num cabeleireiro e fazer uma permanente de caracóis porque, dizia ela, era mais fácil de domar pela manhã. Ok, também acredito que um cabelo liso tem as suas manias e que todas nós devemos ter as nossas dificuldades pela manhã, se não é com o cabelo deve ser com outra coisa qualquer. Continuando, o problema desta minha amiga é que o arrependimento foi tal que passou quase um ano com o cabelo preso, ou fazia uma trança ou um rabo de cavalo, porque não aguentou mais de duas semanas de trabalho para controlar os caracóis. Pois é, parece tudo muito lindo mas não é e só quem tem cabelo encaracolado é que sabe o que sofremos todos os dias, pelo menos eu sofro, já que os meus caracóis nasceram rebeldes e continuam rebeldes. Quanto à rebeldia só tenho a dizer que aprendi a lidar com ela até porque vou encontrando produtos que me ajudam a mantê-la sob controlo. Acreditem, já experimentei um pouco de tudo e os produtos que resultam numa pessoa com cabelo encaracolado podem não resultar na outra. De momento, ando mais virada para a PHYTO. A PHYTO é pioneira nos cuidados dos cabelos pelas plantas e mais de 95% dos ingredientes são de origem vegetal e natural. Foi uma marca recomendada pela minha farmacêutica, experimentei e gostei.

 

image

(PHYTOJOBA - Champô hidratação e brilho, cabelos secos)

 

 

image

(PHYTOKÉRATINE - Máscara ultrareparadora, cabelos danificados e quebradiços)

 

 

image

(PHYTOCURL - Creme de caracóis energizante)

Para mim, o melhor até hoje.

 

 

image

(PHYTOLIUM - Champô cuidado fortificante, quedas de cabelo)

Uso este champô sempre que começa a altura da queda de cabelo. Não faz muita espuma mas em mim resulta.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.